Interação oficial entre EUA e Taiwan desafia o princípio de Uma Só China, diz porta-voz

Uma porta-voz do governo chinês expressou na última quinta-feira a firme oposição à mais recente interação oficial entre os Estados Unidos e a região chinesa de Taiwan, dizendo que tal interação desafia o princípio de Uma Só China

Zhu Fenglian, porta-voz chinesa
Zhu Fenglian, porta-voz chinesa (Foto: Diário do Povo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Zhu Fenglian, porta-voz do Departamento dos Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado, criticou a interação oficial entre os EUA e a região chinesa de Taiwan. Os comentários foram feitos em resposta a uma pergunta sobre a videochamada realizada na quinta-feira entre a embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, Kelly Craft, e a líder de Taiwan, Tsai Ing-wen.

Há apenas uma China no mundo e Taiwan faz parte da China, disse Zhu, pedindo ao lado norte-americano para aderir ao princípio de Uma Só China e aos três comunicados conjuntos China-EUA, destaca o Diário do Povo.

Zhu também instou a autoridade do Partido Democrata Progressista em Taiwan a parar imediatamente qualquer forma de conluio com os Estados Unidos.

"Qualquer ato que busque a 'independência de Taiwan', apostando nos Estados Unidos, enfrentará graves consequências", disse Zhu.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email