Interpol lança alerta global contra Al-Qaeda

Medida segue decisão de EUA, Reino Unido, Alemanha e França de fecharem as suas embaixadas em países do Oriente Médio por questão de Segurança. A decisão foi toamda “depois de uma série de evasões de prisões em nove países - entre eles Iraque, Líbia e o Paquistão”

www.brasil247.com - Interpol lança alerta global contra Al-Qaeda
Interpol lança alerta global contra Al-Qaeda


Opera Mundi - A Interpol lançou na noite deste sábado (03/08) um alerta global de segurança, pedindo que a comunidade internacional fique atenta com um possível ataque de grupo extremistas, sobretudo, a Al-Qaeda. O anúncio foi feito após a decisão dos Estados Unidos de fecharem hoje (04) 22 embaixadas e consulados em países do Oriente Médio. Reino Unido, Alemanha e França também adotaram a mesma medida em suas representações no Iémen.

O Canadá decidiu também encerrar preventivamente suas atividades neste domingo (04) a sua representação em Daca, no Bangladesh.

Segundo informações da imprensa europeia, o alerta da Interpol foi feito “depois de uma série de evasões de prisões em nove países - entre eles Iraque, Líbia e o Paquistão”. A decisão foi anunciada em um comunicado da organização internacional de cooperação policial, que tem sede em Lyon, França.

Depois de, na quinta-feira, ter anunciado o fechamento de suas representações diplomáticas em países árabes - Israel, Afeganistão e Bangladesh estão na lista- o departamento de Estado norte-americano divulgou na sexta-feira (02) uma nota em que recomenda aos seus cidadãos que vivam ou estejam em viagem no Oriente Médio ou no Norte de África para que tomem precauções e informem as autoridades dos seus planos de viagem. O alerta é válido até ao final do mês de Agosto.

Interceptações das comunicações eletrônicas da Al-Qaeda feitas por Washington foram responsáveis pelo alerta global feito pelos EUA sobre a possibilidade de ataques terroristas no Oriente Médio.

Segundo informações da imprensa dos EUA divulgadas ontem (03), o sistema de vigilância norte-americano flagrou membros do grupo islâmico planejando ataques no Oriente Médio e no Norte da África. “Foi mais do que a habitual conversa”, afirmou um porta-voz da Inteligência de Washington em entrevista ao jornal The New York Times, em referência aos dados das comunicações interceptadas durante essa semana.

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email