Irã acusa EUA de serem responsáveis pelo surgimento do Daesh

Mohammad Javad Zarif, chanceler iraniano, acusou os EUA e seus parceiros de armar grupos terroristas, inclusive o Daesh (proibido na Rússia)

Mohammad Javad Zarif, chanceler iraniano, acusou os EUA e seus parceiros de armar grupos terroristas, inclusive o Daesh (proibido na Rússia)
Mohammad Javad Zarif, chanceler iraniano, acusou os EUA e seus parceiros de armar grupos terroristas, inclusive o Daesh (proibido na Rússia) (Foto: Gisele Federicce)

Sputnik Brasil - Mohammad Javad Zarif, chanceler iraniano, acusou os EUA e seus parceiros de armar grupos terroristas, inclusive o Daesh (proibido na Rússia).

"Os erros foram cometidos logo no início. Mas o pior erro foi armar um grupo terrorista que representa uma ameaça não apenas para Síria, eles têm caráter global. As mesmas pessoas que forneceram armas ao Daesh, já o fizeram para Al-Qaeda e Saddam Hussein. O grupo de países que os EUA consideram como seus parceiros, assim como os próprios Estados Unidos, e aqui eu cito Trump, que durante sua companha eleitoral chamou o Daesh de uma "criação dos EUA", disse Zarif em uma entrevista à CNN.

De acordo com o ministro iraniano, além da ajuda financeira, foi a "ocupação" dos territórios de países árabes pelos EUA contra vontade de suas autoridades que provocou o surgimento do Daesh.

"Eu considero que a presença das tropas estrangeiras nos países árabes, contra vontade dos seus governos, faz com que os extremistas se unam e recrutem novos combatentes entre jovens desfavorecidos", declarou o chanceler iraniano.

Anteriormente, Donald Trump, presidente dos EUA, havia dito que se os Estados Unidos tivessem tomado sob seu controle os campos de petróleo na região o Daesh não teria surgido.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247