Irã denuncia hostilidade dos EUA

O chanceler do Irã, Mohammed Yavad Zarif, denunciou neste domingo (17) a hostilidade dos Estados Unidos contra a República Islâmica, durante uma intervenção na Conferência de Segurança em Munich, Alemanha

Irã denuncia hostilidade dos EUA
Irã denuncia hostilidade dos EUA

247, com Prensa Latina - O chanceler do Irã, Mohammed Yavad Zarif, denunciou neste domingo (17) a hostilidade dos Estados Unidos contra a República Islâmica, durante uma intervenção na Conferência de Segurança em Munich, Alemanha.

Zarif explicou que essa política norte-americana fica evidente com sua saída unilateral do Plano Integral de Ação Conjunta (JCPOA) ou acordo nuclear.

Selado em 2015 por Teerã e seis potências mundiais, esse acordo restringia o programa pacífico nuclear iraniano, em troca de um alívio das sanções do Ocidente. No entanto, o presidente norte-americano, Donald Trump, opinou que o pacto é um desastre e após várias advertências, o anulou em maio do ano passado, impondo novas medidas anti-iranianas e pressionando a Europa para que abandone o JCPOA.

O chefe da diplomacia persa condenou essa posição dos Estados Unidos, ao qual também acusou de ser um exportador de insegurança para Oriente Médio.

Zarif disse ante o plenário na cidade alemã que os EUA venderam armas a vários países da região por um valor de mais de 100 bilhões de dólares.

Por tal motivo, o Irã vai em busca de todas as possibilidades para se defender, já que a região está inundada por armas norte-americanas e europeias.

Na opinião do diplomata, não há nada ameaçador no programa de mísseis da República Islâmica que tem um perfil dissuasivo.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247