Irã denuncia que CIA e Mossad planejaram o assassinato do general Soleimani

O Irã considera que o assassinato do general Qassem Soleimani, comandante da Força Quds da Guarda Revolucionária, foi obra da CIA e do Mossad, órgãos de espionagem dos EUA e Israel

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - De acordo com o general de divisão Yahya Rahim Safavi, assistente do líder da Revolução Islâmica do Irã, as agências de espionagem do imperialismo estadunidense (CIA) e do sionismo israelense (Mossad) arquitetaram a criminosa ação do assasinato do general Soleimani e outros militares de alta patente na semana passada.     

Vários analistas e observadores concordam que Washington e o regime de Tel Aviv cooperaram para assassinar Soleimani, de acordo com Rahim Safavi, informa o site iraniano HispanTV

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247