Irã nega ataques a embaixadas de Israel

"Ns categoricamente rejeitamos as acusaes feitas pelo regime sionista. Elas so parte de uma guerra de propaganda", disse o porta-voz do Ministrio de Relaes Exteriores iraniano, negando ataques na Gergia e na ndia

Irã nega ataques a embaixadas de Israel
Irã nega ataques a embaixadas de Israel (Foto: Parivartan Sharma/REUTERS)

O Irã negou nesta segunda-feira as acusações de Israel de que o país esteja por trás dos ataques contra funcionários de embaixadas israelenses na Geórgia e na Índia, informou a emissora de televisão Al-Alam, citando porta-voz do Ministério de Relações Exteriores.

"Nós categoricamente rejeitamos as acusações feitas pelo regime sionista. Elas são parte de uma guerra de propaganda", disse Ramin Mehmanparast, de acordo com o canal em língua árabe. "O Irã condena todos os atos de terrorismo", acrescentou ele.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu acusou o Irã pelos ataques que feriram pelo menos duas pessoas na Índia, dentre elas uma diplomata israelense, cujo carro explodiu.

Seu estado de saúde é crítico, mas estável, informaram funcionários do hospital. A diplomata, cuja identidade não foi revelada, estava na sala de cirurgia para uma operação na coluna vertebral, informou o superintendente do hospital Primus, doutor N.D. Khurana à agência France Presse.

Há muitos ferimentos (em seu corpo). Seu estado é crítico, mas estável", disse Khurana negando-se a dar maiores detalhes sobre o estado de saúde da diplomata.

A polícia indiana informou que está à caça de um homem numa motocicleta, suspeito de atrelar o artefato ao carro da diplomata pouco antes de ele explodir. Pedestres retiraram a diplomata e seu motorista dos escombros do carro.

Funcionários da embaixada israelense foram alvo de ataques em Nova Délhi e na capital da Geórgia, Tbilisi, nesta segunda-feira.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247