Irã propõe criar mecanismo de diálogo asiático para combater unilateralismo

O chanceler do Irã, Mohammed Yavad Zarif, propôs a criação de um foro regional de diálogo durante várias audiências que manteve com participantes de uma conferência em Doha, Catar

Irã propõe criar mecanismo de diálogo asiático para combater unilateralismo
Irã propõe criar mecanismo de diálogo asiático para combater unilateralismo

Prensa Latina - O chanceler do Irã, Mohammed Yavad Zarif, propôs a criação de um foro regional de diálogo durante várias audiências que manteve com participantes de uma conferência em Doha, Catar.

Por meio de mensagens nas redes sociais, Zarif se referiu a planos que compartilhou na 16ª Reunião Ministerial do Diálogo de Cooperação da Ásia.

Segundo o chefe da diplomacia iraniana, durante o encontro deu-se destaque à ideia de criar um Foro de Diálogo Regional e alinhar forças para conter o unilateralismo.

Zarif se reuniu com seus pares de Turquia, Catar, Sri Lanka, Malásia, Indonésia, Índia e Cazaquistão, aos quais apresentou a ideia de criar o mecanismo regional.

O diplomata iraniano defendeu o multilateralismo e se pronunciou em oposição às políticas unilaterais do governo estadunidense.

Estabelecido em 2001, o Diálogo de Cooperação Asiática é integrado por 34 países. Sua primeira reunião foi realizada na Tailândia em 2002 com a participação de 18 delegações.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247