Irã reitera que seus mísseis têm caráter defensivo

O Irã reiterou neste domingo (2) que seu programa de mísseis tem a finalidade de dissuadir eventuais ataques de adversários e defender o país, e que nenhuma resolução do Conselho de Segurança da ONU proíbe esta postura; foi uma resposta às acusações do secretário de Estado da administração Trump, Mike Pompeo 

Irã reitera que seus mísseis têm caráter defensivo
Irã reitera que seus mísseis têm caráter defensivo

247, com Prensa latina - O Irã reiterou neste domingo (2) que seu programa de mísseis tem a finalidade de dissuadir eventuais ataques de adversários e defender o país, e que nenhuma resolução do Conselho de Segurança da ONU proíbe esta postura.

O porta-voz do Ministério iraniano de Relações Exteriores, Bahram Qasemi, respondeu nesses termos ao secretário norte-americano de Estado, Mike Pompeo, de que com suas provas de mísseis o país persa estaria violando a Resolução 2231 do máximo órgão mundial.

Qasemi reiterou que esse programa tem caráter defensivo e seu desenho corresponde com as necessidades nacionais.

"Nenhuma resolução do Conselho de Segurança da ONU proíbe que o Irã tenha seu programa de mísseis ou realize provas com esse armamento", sublinhou.

Ao dirigir-se a Pompeo, o porta-voz da Chancelaria iraniana disse que o mais curioso e ridículo, é que a reclamação de Pompeo se refere a uma resolução da qual os Estados Unidos se retiraram de maneira unilateral e ilegal.

Segundo o secretário de Estado dos EUA, a prova de um foguete iraniano capaz de chegar à Europa e a qualquer parte do Oriente Médio viola uma resolução da ONU restritiva ao programa de mísseis de Teerã.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247