Israel abre fogo contra manifestantes deixando 2 mortos e centenas de feridos

Um protesto na Faixa de Gaza resultou na morte de 2 palestinos e outros 241 feridos; protesto liderado pelo Hamas teve como objetivo chamar a atenção para o bloqueio israelense-egípcio, estabelecido após o grupo militante tomar o controle de Gaza em 2007; Israel acusou o Hamas de usar os protestos para cobrir ataques ao longo da fronteira do país com Gaza

Israel abre fogo contra manifestantes deixando 2 mortos e centenas de feridos
Israel abre fogo contra manifestantes deixando 2 mortos e centenas de feridos (Foto: REUTERS/Mussa Qawasma)

Sputnik - Um protesto na Faixa de Gaza nesta sexta-feira (17) resultou na morte de 2 palestinos. 241 pessoas ficaram feridas.

O protesto liderado pelo Hamas teve como objetivo chamar a atenção para o bloqueio israelense-egípcio, estabelecido após o grupo militante tomar o controle de Gaza em 2007. Além dos protestos, o Hamas atualmente realiza reuniões com autoridades egípcias no Cairo para uma possível trégua.

Israel acusou repetidamente o Hamas de usar os protestos para cobrir ataques ao longo da fronteira do país com Gaza. As Forças de Defesa de Israel enfatizam que suas ações durante os protestos têm como objetivo defender as fronteiras israelenses.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247