Itália ultrapassa 25 mil mortos por Covid-19, mas novos casos caem pelo 3° dia

Defesa Civil italiana confirmou mais 437 óbitos nesta quarta-feira, totalizando 25.085 vítimas na pandemia

Policiais conferem documentação de barco em canal de Veneza, na Itália 14/04/2020
Policiais conferem documentação de barco em canal de Veneza, na Itália 14/04/2020 (Foto: REUTERS/Manuel Silvestri)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(ANSA) - O número de casos ativos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Itália caiu pelo terceiro dia seguido, de acordo com balanço divulgado pela Defesa Civil nesta quarta-feira (22).

Segundo o órgão, a Itália soma 107.699 pessoas atualmente com o Sars-CoV-2, 10 a menos que as 107.709 contabilizadas na última terça (21).

Os casos ativos descartam pacientes curados e mortos e são um indicador importante para saber se a pandemia está ganhando ou perdendo força. Dos 107.699 ainda infectados, 2.384 estão em terapia intensiva, 81.510 estão em isolamento domiciliar, e 23.805 estão internados fora de UTIs. O país já acumula 19 dias seguidos de queda na quantidade de pacientes em terapia intensiva, de acordo com a Defesa Civil.

Considerando o total de pessoas já infectadas até o momento, a Itália contabiliza 187.327 casos, o que significa crescimento de 3.370 contágios em um dia (+1,8%).

Além disso, a Defesa Civil confirmou mais 437 óbitos, 97 a menos que na terça-feira, totalizando 25.085 vítimas na pandemia. Já o número de curados chegou a 54.543, após um recorde diário em termos absolutos de 2.943 recuperados nesta quarta.

O primeiro-ministro Giuseppe Conte estendeu a quarentena na Itália até 3 de maio, mas algumas atividades comerciais, como livrarias e papelarias, já reabriram as portas, com exceção de determinadas regiões, como Lombardia e Piemonte.

O governo também prepara um programa de testagem em massa na população para estimar o percentual de pessoas já imunizadas contra o novo coronavírus. Além disso, o gabinete de Conte trabalha em um cronograma de reabertura a partir de 4 de maio, que pode incluir parques e algumas atividades econômicas, como manufatura e construção civil. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247