Johnson diz estar profundamente preocupado com incêndios na Amazônia e defende discussão no G7

O Reino Unido se mostrou profundamente preocupado com os incêndios na Amazônia, e o premiê, Boris Johnson, irá utilizar a cúpula do G7 para pedir uma renovação no foco à proteção ambiental, informou seu gabinete nesta sexta-feira

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido se mostrou profundamente preocupado com os incêndios na Amazônia, e o premiê, Boris Johnson, irá utilizar a cúpula do G7 para pedir uma renovação no foco à proteção ambiental, informou seu gabinete nesta sexta-feira.

“O primeiro-ministro está profundamente preocupado pelo aumento dos incêndios na Floresta Amazônica e o impacto da trágica perda desses preciosos habitats”, disse uma porta-voz.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, acusou organizações não-governamentais de queimarem a Amazônia para prejudicar seu governo, em meio a uma comoção mundial crescente pelos incêndios.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247