Julgamento do impeachment de Trump pode terminar nesta sexta

O julgamento de impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi retomado na quinta-feira para um segundo dia de interrogatório dos senadores. Sem testemunhas, os republicanos, que controlam o Senado, dizem que o julgamento pode terminar já na sexta-feira com a absolvição de Trump

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  Com maimoria no Senado, os republicanos pretendem terminar nesta sexta-feira (31), o julgamento político do impeachment de Trump, com su absolvição. 

Os democratas acusam o presidente republicano de abuso de poder por usar ajuda militar aprovada pelo Congresso para conseguir que um país estrangeiro difamasse o ex-vice-presidente Joe Biden, um dos principais candidatos à nomeação democrata para a eleição presidencial de novembro.

A Câmara dos Deputados, liderada pelos democratas, aprovou dois artigos de impeachment contra Trump em dezembro. Advogados de Trump e os democratas da Câmara que estão fazendo a acusação no julgamento do Senado passarão a quinta-feira respondendo a perguntas dos parlamentares, lidas em voz alta pelo presidente da Suprema Corte dos EUA, John Roberts.

Na sexta-feira, espera-se que cada lado apresente argumentações finais, antes de o Senado passar à questão central de convocar testemunhas, que os democratas acreditam ser essenciais para esclarecer a tentativa de Trump de persuadir o presidente da Ucrânia, Volodmyr Zelenskiy, a investigar Biden.

É improvável que os democratas consigam a maioria de dois terços necessária para remover Trump do cargo, mas permitir testemunhas pode infligir danos políticos ao presidente enquanto ele busca a reeleição, informa a Reuters.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247