Julian Assange é condenado a 1 ano de prisão sob alegação de violar condicional

"Você não se entregou à polícia por sua vontade, a embaixada no Equador foi forçada a dar acesso ao prédio para a polícia [...] Você tinha uma escolha e eu rejeito todos os argumentos [atenuantes da sentença]", disse a juíza Deborah Taylor, ao anunciar o veredito no Supremo Tribunal do Reino Unido nesta quarta-feira 1º

Julian Assange é condenado a 1 ano de prisão sob alegação de violar condicional
Julian Assange é condenado a 1 ano de prisão sob alegação de violar condicional (Foto: Reuters)

Sputnik Brasil - Nesta quarta-feira (1º), o Supremo Tribunal do Reino Unido sentenciou Julian Assange, fundador do WikiLeaks, a 50 semanas (16 meses e meio) de prisão por violar a liberdade condicional.

"Você não se entregou à polícia por sua vontade, a embaixada no Equador foi forçada a dar acesso ao prédio para a polícia [...] Você tinha uma escolha e eu rejeito todos os argumentos [atenuantes da sentença]", disse a juíza Deborah Taylor, ao anunciar o veredito.

Ela disse também que a violação por Assange da liberdade condicional está "para além das acusações mais sérias apresentadas contra ele".

Antes de ouvir a sentença, o fundador do WikiLeaks disse, através dos advogados, lamentar os atos praticados.

Julian Assange foi detido em 11 de abril, após a decisão do presidente do Equador, Lenín Moreno, de retirar o asilo do ativista na embaixada equatoriana.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247