Kim Jong-un e Trump se cumprimentam pela 1ª vez na zona desmilitarizada da Coreia (Vídeo)

O presidente americano Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-un cruzaram para a zona desmilitarizada coreana para se cumprimentarem simbolicamente na linha que divide a península desde 1953

North Korean leader Kim Jong Un and U.S. President Donald Trump at the truce village
North Korean leader Kim Jong Un and U.S. President Donald Trump at the truce village (Foto: Reuters)

Sputnik Brasil - O presidente americano Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-un cruzaram para a zona desmilitarizada coreana para se cumprimentarem simbolicamente na linha que divide a península desde 1953.

Transmitido ao vivo nas principais redes de televisão dos EUA, o aperto de mão entre Trump e Kim foi realizado no povoado fronteiriço de Panmunjom, onde os líderes de ambas as Coreias reafirmaram em abril de 2018 o objetivo de promover o desanuviamento e avançar para a desnuclearização total da península.

"Eu o convidaria agora mesmo para a Casa Branca", disse o presidente dos EUA, Trump, depois de entrar na Coreia do Norte com Kim Jong-un

Após cumprimentar Kim, Trump cruzou para o lado norte-coreano, tornando-se o primeiro presidente dos EUA a cruzar a linha de demarcação entre as duas Coreias. O líder norte-coreano também cruzou a linha para solo sul-coreano.

Encontro histórico

Antes de se encontrar com Kim em uma sala de negociação, o líder dos EUA agradeceu a seu homólogo norte-coreano na frente das câmeras, classificando a relação entre os dois de "excelente" e dizendo que ele está "orgulhoso" de ter cruzado a linha de demarcação.

"Foi uma grande honra cruzar esta linha", disse Trump, descrevendo a reunião como "histórica".

"Acho que é uma expressão da sua vontade de superar o passado infeliz para um novo futuro", disse Kim ao presidente norte-americano.

Essa é a primeira vez que Trump e Kim apertam as mãos perto do paralelo 38 – a linha que marca a divisão da Coreia após três anos de guerra (1950-53) entre suas nações. O primeiro encontro entre os dois líderes ocorreu em 12 de junho de 2018 em Singapura.

O presidente Trump foi o primeiro líder dos EUA a atravessar a linha desmilitarizada!

Trump, que chegou em visita à Coreia do Sul após a cúpula do G20 em Osaka, no Japão, voou de Seul para a zona desmilitarizada em um helicóptero após uma coletiva de imprensa conjunta com o presidente sul-coreano Moon Jae-in.

O líder sul-coreano disse que também havia sido convidado para a reunião, mas esclareceu que a nova rodada de diálogo entre as Coreias será realizada mais tarde.

'Tudo está funcionando'

Moon acompanhou o Trump até à área desmilitarizada, onde foram juntos para um posto de observação. Em seguida, os militares mostraram aos dois líderes as instalações na área e a fronteira entre as duas Coreias. O presidente americano pôde observar o território da Coreia do Norte sem binóculos, segundo imagens transmitidas por várias estações de televisão.

"Depois da nossa primeira cúpula, todo o perigo desapareceu [...] Tudo está funcionando", disse Trump aos repórteres enquanto estava no posto de observação de Ouellette.

Antes da chegada de Kim Jong-un ao povoado fronteiriço, Trump e Moon também tiveram um breve encontro com os militares dos EUA e da Coreia do Sul estacionados perto da fronteira intercoreana.

Nesse encontro histórico, os dois líderes comprometeram-se a trabalhar pela desnuclearização da península coreana e pela normalização das relações bilaterais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247