LeBron protesta contra assassinato de George Floyd pela polícia

247 - O jogador de Basquete LeBron James protestou contra o assassinato de George Floyd pela polícia, em Minneapolis, nos Estados Unidos. O homem de 46 anos foi sufocado por um policial, que ficou ajoelhado em cima de seu pescoço por mais de sete minutos, apesar de Floyd dizer diversas que não conseguia respirar e implorava para o policial não matá-lo.

O jogador de Basquete escreveu “Ainda!” ao publicar uma foto antiga em que vestia uma camisa com a frase “não consigo respirar” (I can’t breathe). Na época, o protesto era contra a morte de Eric Garner, outro negro que foi sufocado até a morte por um policial.

LeBron também publicou uma foto do jogador de futebol americana Colin Kaepernick, que em 2016 se ajoelhou durante execução do hino dos EUA para protestar contra  a situação dos negros no país. Kaepernick foi isolado dos campos e, com 32 anos, está desempregado. “Esse é o motivo. Vocês entendem agora? Ou ainda está borrado para vocês?”, questionou James.

Após o ocorrido em Minneapolis, manifestantes entraram em choque com um batalhão de choque e manifestaram contra as agressões policiais. Revoltados, os manifestantes incendiaram casa e prédios, e atacaram viaturas da polícia.

O policial que aparece ajoelhado sobre o pescoço da vítima e três colegas envolvidos foram demitidos pelo departamento de polícia na terça-feira, e o FBI iniciou uma investigação

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio