Leonardo DiCaprio protesta após tragédia em Brumadinho: já chega

A tragédia de Brumadinho não passou despercebida por ativistas ambientais ao redor do mundo; um deles é o ator Leonardo DiCaprio; em seu Instagram, o famoso compartilhou uma mensagem do Greenpeace, pedindo solução para que casos como esse nunca mais aconteçam; "Já chega! Governos e corporações devem parar de colocar os lucros acima das vidas das pessoas e da natureza", disparou DiCaprio; até o momento, 99 mortes estão confirmadas após o rompimento da barragem e 259 pessoas estão desaparecidas

Leonardo DiCaprio protesta após tragédia em Brumadinho: já chega
Leonardo DiCaprio protesta após tragédia em Brumadinho: já chega
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A tragédia de Brumadinho não passou despercebida por ativistas ambientais ao redor do mundo. Um deles é o ator Leonardo DiCaprio. Em seu Instagram, o famoso compartilhou uma mensagem do Greenpeace, pedindo solução para que casos como esse nunca mais aconteçam. A informação é do Observatório do Cinema. 

"Na última sexta-feira, uma barragem de mineração desabou em uma pequena cidade do Brasil, liberando quase 13 milhões de metros cúbicos de lama tóxica e deixando para trás um rastro de morte e tristeza. Isso acontece apenas três anos após o maior desastre ambiental do país, quando outra barragem se rompeu. Já chega! Governos e corporações devem parar de colocar os lucros acima das vidas das pessoas e da natureza", afirma o texto.

Na publicação, o ator manteve as hashtags em português, que dizem Força Brumadinho e Sem Licença para Destruir. Até o momento, 99 mortes estão confirmadas após o rompimento da barragem e 259 pessoas estão desaparecidas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247