Letônia insta Otan a permitir que Ucrânia ataque território russo, diz Bloomberg

A Letônia, assim como outros países bálticos, segue em defesa de Kiev no conflito contra Moscou

Sede da Otan em Bruxelas

Sputnik - O ministro das Relações Exteriores da Letônia, Edgars Rinkevics, instou a Otan a "permitir" que a Ucrânia use seu armamento fornecido pelo Ocidente para atacar o território russo.

Durante entrevista à Bloomberg, o diplomata destacou que o armamento deve ser usado para atacar locais usados pela Rússia para realizar ataques com mísseis contra a infraestrutura crítica da Ucrânia.

"Devemos permitir que os ucranianos usem armas para atingir depósitos de mísseis ou aeródromos de onde estas operações estão sendo lançadas", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

Além disso, o diplomata ignorou os avisos de Moscou sobre o constante fornecimento de armas ocidentais a Kiev, que poderia resultar em um conflito direto entre a aliança liderada pelos EUA e a Rússia, e instou o bloco a "não temer" uma possível escalada.

A Letônia, assim como outros países bálticos, segue em defesa de Kiev no conflito contra Moscou, e recentemente Rinkevics se encontrou com representantes da Lituânia, Estônia, Finlândia, Suécia, Noruega e Islândia.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.