Líbano pede apoio da ONU contra violência israelense

O primeiro-ministro do Líbano, Saad Hariri, solicitou nesta quarta-feira (9) maior apoio da Organização das Nações Unidas (ONU) contra o ataque violento do regime israelense

Primeiro-ministro libanês recebe subsecretária-geral da ONU
Primeiro-ministro libanês recebe subsecretária-geral da ONU (Foto: Telesur)

Telesur - O chefe do governo libanês, Saad Hariri, recebeu a subsecretária-geral da ONU, a quem pediu apoio contra as agressões israelenses. 

O pedido foi feito no âmbito da visita da subsecretária geral das Nações Unidas para Assuntos Políticos e Construção da Paz, Rosemary DiCarlo, ao país árabe. 

Segundo Hariri, a organização internacional tem o dever de conter as violações de Tel Aviv e impedir qualquer conflito na região do Oriente Médio. 

Durante o encontro com o líder da organização internacional, Hariri mencionou a necessidade de mobilizar a comunidade internacional para apoiar o Líbano, especialmente na questão dos refugiados.  

O Executivo libanês se refere à Resolução 1701, que estipula a completa cessação das hostilidades; neste caso, o regime israelense deve retirar todas as suas forças no Líbano, paralelamente à entrada de forças do país oriental.  

Por seu lado, DiCarlo, assegurou o total apoio da ONU ao povo libanês, destacando a generosidade do país oriental em receber os deslocados da Síria.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247