Líderes do bloco BRICS reforçam importância da Plataforma de Cooperação para a Pesquisa Energética

A Plataforma tem o objetivo de fortalecer a cooperação no ramo da energia entre os países, enfatizando o desenvolvimento de novas tecnologias eficientes e sustentáveis

Bandeiras dos países do Brics
Bandeiras dos países do Brics (Foto: Telesul)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em sua cúpula mais recente, líderes do bloco BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) reforçaram a importância da Plataforma de Cooperação para a Pesquisa Energética (ERCP, em inglês). O programa busca fortalecer a cooperação entre os países e seus setores de energia, facilitando a implementação de novas tecnologias eficientes e sustentáveis elaboradas coletivamente.

O presidente russo, Vladimir Putin, notou em seu discurso as diversas áreas onde ocorre cooperação na pesquisa: “Contatos intensivos estão em andamento entre nossos centros acadêmicos e científicos. Sua cobertura é verdadeiramente impressionante - desde pesquisas oceânicas e polares até sobre astronomia e inteligência artificial”.

Putin acrescentou que foram elaborados relatórios projetando o desenvolvimento ideal nos países até 2040, época em que o bloco será responsável por 41% da produção e consumo global de energia.

Xi Jinping, presidente da China, apoiou a política de colaboração científica, notando também que esta é fundamental para garantir a segurança energética das cinco nações.

Os primeiros relatórios conjuntos do grupo referentes especificamente ao ERCP foram apresentados em outubro deste ano. Segundo Anton Inyutsyn, vice-ministro da Energia da Rússia, os novos relatórios auxiliarão o bloco a “identificar as áreas de cooperação energética do BRICS, assim como as abordagens comuns de nossos países para a agenda global de energia”. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247