Lucia Issa: EUA foram derrotados na Síria como em um novo Vietnã

"A guerra global na Síria, vendida por alguns veículos nacionais como guerra local, estava chegando ao fim, e que os EUA haviam sido derrotados num novo Vietnã.  (...) A guerra na Síria tem um grande derrotado.Os EUA de Donald Trump. Mas não tem vencedores. 450 mil mortos. 2 milhões de feridos. Cidades inteiras destruídas e milhares de mulheres violentadas", escreve a jornalista Lucia Issa, especialista em Oriente Médio

Lucia Issa: EUA foram derrotados na Síria como em um novo Vietnã
Lucia Issa: EUA foram derrotados na Síria como em um novo Vietnã (Foto: Editora Brasil 247 | Reuters)

Por Lucia Issa, em seu Facebook

Há poucos meses, em uma manhã de sábado como hoje, eu voltava ao Brasil, vinda da fronteira da morte, a fronteira , de um campo de refugiados em Zahle e de Majdar , com o coração estilhaçado.

Passei aquelas duas primeiras semanas tendo pesadelos com o que havia testemunhado, crianças cujas pernas e sonhos foram amputados, mulheres sírias lindas que tiveram seu rosto deformado com ácido pelos terroristas armados pelos EUA, com um menino de 6 anos que tinha o olhar de um velho e me perguntara por que o mundo não os via. A moça de cabelos negros e longos como o meu e, que perdera uma filhinha num dos bombardeios dos EUA. A senhora que ficara cega com os estilhaços de uma bomba. Eu acordava suando e assustada.

Há menos de um mês, escrevi que a guerra global na Síria, vendida por alguns veículos nacionais como guerra local, estava chegando ao fim, e que os EUA haviam sido derrotados num novo Vietnã. Fui questionada por alguns amigos jornalistas e reafirmei o que eu havia visto na fronteira e tudo o que me levava a acreditar no fim do conflito e na derrota norte -americana.

Ao saber nessa semana que Trump decidiu retirar duas tropas da Síria , admitindo indiretamente a derrota, uma onda de paradoxos, um pequeno alívio e perguntas para as quais a menina dentro de mim não encontrá respostas invadem a mente e o coração. Por que o ódio foi alimentado dessa forma na Síria de meus avós? Por que 450.000 pessoas foram assassinadas? Por que permitimos que os EUA financiassem e armasses terroristas? Por que permitimos que mais de 10 milhões de pessoas se tornassem refugiadas? Por que permitimos que até as narrativas sobre a guerra fossem manipuladas dessa forma por uma parte da mídia? Por que permitimos, como humanidade, que crianças fossem mutiladas em nome de uma guerra que jamais foi por democracia , mas sim por gás e petróleo?

A guerra na Síria tem um grande derrotado.Os EUA de Donald Trump. Mas não tem vencedores. 450 mil mortos. .2 milhões de feridos. Cidades inteiras destruídas e milhares de mulheres violentadas.

Minha determinação de denunciar os que alimentam o ódio no Oriente Médio hoje é maior do que nunca. Mas a dor da menina que sonha com um Oriente Médio de paz também.

Inscreva-se na TV 247 e confira a íntegra de uma emocionante entrevista:

</p

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247