Machista, Macri diz que kirchnerismo “é como mulher com cartão de crédito”

"Viram, eu disse que era um 'machirulo'?", criticou a ex-presidenta Cristina Kirchner, usando uma expressão que une "machista" e "chulo"

(Foto: UESLEI MARCELINO - REUTERS)

Revista Fórum - A duas semanas das eleições, o presidente argentino Mauricio Macri tem usado diversos subterfúgios para conseguir reverter a provável derrota no primeiro turno para a dupla kirchnerista formada por Alberto Fernández e Cristina Kirchner. Nesta terça-feira (15), o liberal fez uma comparação machista em uma entrevista e foi duramente criticado nas redes sociais e na imprensa local.

“É como se você desse a administração da sua casa a sua mulher. E sua mulher, ao invés de pagar as contas, usa o cartão de crédito, usa o cartão de crédito, usa o cartão de crédito e um dia [as autoridades] vêm para hipotecar sua casa”, disse o presidente à rádio local LT35 Radio Mon, da cidade de Pergamino, província de Buenos Aires. “O populismo hipoteca o futuro para que você viva um presente. E quando acaba, acaba”, disse ainda.

Leia mais na Fórum.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247