Macri conclama executivos da Odebrecht a colaborar com a Justiça argentina

Ministro argentino da Justiça, German Garavano, informou hoje (23, após uma reunião de gabinete com o presidente Mauricio Macri, que o governo “conclamou os diretores da empresa brasileira Odebrecht para que disponibilizem toda a informação que tenham dos atos de corrupção que tenham cometido na Argentina e a facilitem à Justiça”; “Há uma ordem muito precisa do presidente Macri de colaborar com a Justiça para saber quem são as pessoas que cobraram os 35 milhões de dólares que a própria Odebrecht reconheceu ter  pago em  nosso país”, disse Garavano

Presidente eleito da Argentina Mauricio Macri dá entrevista coletiva em Buenos Aires. 23/11/2015 REUTERS/Enrique Marcarian
Presidente eleito da Argentina Mauricio Macri dá entrevista coletiva em Buenos Aires. 23/11/2015 REUTERS/Enrique Marcarian (Foto: Aquiles Lins)

Agência Télam - O ministro argentino da Justiça, German Garavano, informou hoje (23, após uma reunião de gabinete com o presidente Mauricio Macri, que o governo “conclamou os diretores da empresa brasileira Odebrecht para que disponibilizem toda a informação que tenham dos atos de corrupção que tenham cometido na Argentina e a facilitem à Justiça”. As informações são da agência Télam.

“Há uma ordem muito precisa do presidente Macri de colaborar com a Justiça para saber quem são as pessoas que cobraram os 35 milhões de dólares que a própria Odebrecht reconheceu ter  pago em  nosso país”, disse Garavano.

Ele confirmou o pedido à empresa brasileira para que forneça informação sobre eventuais atos de corrupção cometidos no país para que a Justiça possa avançar com as investigações.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247