Macri diz não ver desacordo entre Argentina e Brasil sobre Venezuela

O presidente eleito da Argentina, Mauricio Macri, disse após encontro com a presidente Dilma Rousseff nesta sexta-feira, em Brasília, que não sente que haja posições contrárias entre os dois países sobre a situação na Venezuela, e reiterou sua posição a favor de suspender a Venezuela do Mercosul

Brasília - DF, 04/12/2015. Presidenta Dilma Rousseff recebe Maurício Macri, Presidente eleito da República Argentina. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Brasília - DF, 04/12/2015. Presidenta Dilma Rousseff recebe Maurício Macri, Presidente eleito da República Argentina. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente eleito da Argentina, Mauricio Macri, disse após encontro com a presidente Dilma Rousseff nesta sexta-feira, em Brasília, que não sente que haja posições contrárias entre os dois países sobre a situação na Venezuela, e reiterou sua posição a favor de suspender a Venezuela do Mercosul.

Logo após ser eleito no mês passado, Macri disse que buscaria a suspensão da Venezuela do Mercosul devido a acusações de abusos de direitos cometidos pelo governo do presidente Nicolás Maduro.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247