Macron é alvo de críticas por lentidão da campanha de vacinação na França

Atualmente, a França tem 2,7 milhões de casos registrados de covid-19, e 65,5 mil mortes pela doença

Emmanuel Macron
Emmanuel Macron (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A vacinação contra a Covid-19 na França começou há mais de uma semana, e já está sendo alvo de muitas críticas nas redes sociais e também na imprensa local, devido ao que se considera uma lentidão no processo de imunização, especialmente de profissionais da saúde e pessoas do grupo de risco.

Segundo o diário Le Parisien, o governo francês utilizou, durante a primeira semana da campanha, menos de 1% das 560 mil vacinas recebidas – lembrando que a França adquiriu doses da vacina Pfizer/BionTech.

A imprensa francesa afirma que pouco mais de mil pessoas foram vacinadas no país nesta primeira semana, e que esses números contrastam negativamente com os da Alemanha (que já teria vacinado 200 mil) e do Reino Unido (com quase 1 milhão de pessoas vacinadas). Para Jean Rottner, governador da região de Champagne, “estamos diante de um escândalo estatal”.

Continue lendo na Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email