Macron rebate Bolsonaro: 'não é lobby, é pensar no futuro da Amazônia'

Emmanuel Macron rebateu as declarações de Jair Bolsonaro disse que as críticas por conta das queimadas na Amazônia não é por interesse econômico na floresta, mas de pensar no futuro da região que é "um bem comum". "O que queremos fazer é ajudar as pessoas, com completo respeito pela soberania, ajudando o povo". disse o presidente francês

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da França, Emmanuel Macron, rebateu as declarações feitas por Jair Bolsonaro em seu discurso na abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas, nesta terça-feira (24). Macron disse que não se trata de interesse econômico na floresta, como afirmou Bolsonaro sem citar nominalmente o presidente francês, mas de pensar no futuro da região que é "um bem comum".

"Não é questão de lobby ou interesse, os lobbies são para destruir a floresta para seus próprios interesses. O que nós queremos fazer é ajudar pessoas para elas mesmas e para o futuro da Amazônia, porque é um bem comum", disse Emmanuel Macron ao ser questionado pela reportagem do jornal O Estado de S. Paulo sobre a declaração de que Bolsonaro afirmou que há interesse colonialista e de exploração da riqueza da região por parte dos que criticam o governo brasileiro.

Macron disse ainda que tem "muitas pessoas envolvidas no (debate sobre) futuro da Amazônia e acho que o que queremos fazer é ajudar as pessoas, com completo respeito pela soberania, ajudando o povo".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email