Madri diz que manterá regime sobre Catalunha se Puigdemont for eleito

Madri continuará a controlar o governo da Catalunha se o líder destituído da região, Carles Puigdemont, for eleito novamente como líder pelo Parlamento catalão mesmo em exílio autoimposto em Bruxelas, disse o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy; "É absurdo que alguém aspire a ser líder do governo regional da Catalunha como um fugitivo em Bruxelas. É um caso de bom senso", afirmou Rajoy

Primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, durante coletiva de imprensa em Madri 22/12/2017 REUTERS/Sergio Perez
Primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, durante coletiva de imprensa em Madri 22/12/2017 REUTERS/Sergio Perez (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - Madri continuará a controlar o governo da Catalunha se o líder destituído da região, Carles Puigdemont, for eleito novamente como líder pelo Parlamento catalão mesmo em exílio autoimposto em Bruxelas, disse o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, nesta segunda-feira.

"É absurdo que alguém aspire a ser líder do governo regional da Catalunha como um fugitivo em Bruxelas -- é um caso de bom senso", disse Rajoy, durante discurso.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247