Maduro acusa ex-presidente da Colômbia de ordenar atentado

Presidente da Venezuela diz que os autores do ataque foram treinados na Colômbia, sob ordens do ex-presidente, e coordenados pelos parlamentares Julio Borges e Juan Requesens

Maduro acusa ex-presidente da Colômbia de ordenar atentado
Maduro acusa ex-presidente da Colômbia de ordenar atentado (Foto: Marcelo.Garcia)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Brasil - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou neste sábado (11) que a tentativa de atentado da qual saiu ileso na semana passada foi ordenada por Juan Manuel Santos, ex-presidente da Colômbia.

"Foi o ex-presidente Juan Manuel Santos quem deu a ordem de preparar a ação terrorista para o meu assassinato", disse o governante, durante ato com 700 generais e almirantes em Caracas, que foi exibido em transmissão obrigatória de rádio e televisão.

Segundo Maduro, Santos atuou em coordenação com o ex-presidente do Parlamento venezuelano, o opositor Julio Borges, "que recebe a ordem, os recursos, a logística, o apoio e o plano" e "é quem assume a responsabilidade em relação à história de assassinar o presidente".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247