Maduro critica comentário de Trump sobre “opção militar” e ainda quer conversar

O presidente venezuelano criticou nesta segunda-feira 14 os comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre uma "opção militar" para o país sul-americano, acrescentando que ele mantém seu pedido para conversar com Trump; ele também determinou a realização de exercícios militares em resposta à ameaça de Trump

O presidente venezuelano criticou nesta segunda-feira 14 os comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre uma "opção militar" para o país sul-americano, acrescentando que ele mantém seu pedido para conversar com Trump; ele também determinou a realização de exercícios militares em resposta à ameaça de Trump
O presidente venezuelano criticou nesta segunda-feira 14 os comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre uma "opção militar" para o país sul-americano, acrescentando que ele mantém seu pedido para conversar com Trump; ele também determinou a realização de exercícios militares em resposta à ameaça de Trump (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com Reuters - O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, criticou nesta segunda-feira os comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre uma "opção militar" para o país sul-americano, acrescentando que ele mantém seu pedido para conversar com Trump.

Ele também determinou a realização de exercícios militares em resposta à ameaça de Trump. Ele pediu ainda que a Assembleia Nacional Constituinte, instalada recentemente no país, investigue o elo da oposição com a declaração do presidente norte-americano.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email