Maduro denuncia EUA por prejudicar plano alimentar da Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou a existência de um plano do governo norte-americano para prejudicar os Conselhos Locais de Abastecimento e Produção (CLAP), que fornecem alimentos aos cidadãos

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela (Foto: Correo del Orinoco)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O presidente da Venezuela Nicolás Maduro disse que o governo descobriu um plano para tentar infiltrar agentes nos CLAP, comprá-los com dinheiro sujo do governo dos EUA, para prejudicar esses centros de distribuição de alimentos. "Eles nos sancionam, nos bloqueiam, nos impedem de importar alimentos e depois tentam perturbar, infiltrar e prejudicar a liderança dos CLAP", afirmou Maduro.

Maduro indiciou que não permitirá que prejudiquem os CLAP, pois afirmou que por meio deste plano os alimentos chegam aos cidadãos.

"Ainda bem que os CLAP existem para que todo este alimento chegue ao povo, por isso aprovei na semana passada um plano especial para melhorar a dieta CLAP na qualidade e quantidade", comentou.

O presidente assegurou que o sistema CLAP abrange sete milhões de famílias venezuelanas.

O CLAP é um programa do governo venezuelano criado ante a escassez de alimentos, para distribuir produtos da cesta básica a baixo custo nas comunidades.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247