Maduro: EUA seriam prejudicados por sanções

"Os mais prejudicados, em uma escalada de sanções serão os Estados Unidos, a sua sociedade, os seus empresários, o seu povo (...). Oxalá não sigam esse caminho, para demonstrar o que não queremos demonstrar, que seriam eles os mais prejudicados", disse Maduro em seu novo programa semanal de rádio

Maduro: EUA seriam prejudicados por sanções
Maduro: EUA seriam prejudicados por sanções (Foto: MARIO RUIZ)
Siga o Brasil 247 no Google News

Da Agência Brasil

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse hoje que os Estados Unidos serão os mais prejudicados no caso da aplicação de sanções a Caracas. Ele advertiu que caso o país decida não comprar mais petróleo venezuelano, o produto será vendido "a outro lado".

"Os mais prejudicados, em uma escalada de sanções serão os Estados Unidos, a sua sociedade, os seus empresários, o seu povo (...). Oxalá não sigam esse caminho, para demonstrar o que não queremos demonstrar, que seriam eles os mais prejudicados", disse Maduro em seu novo programa semanal de rádio.

Ele garantiu que o petróleo que não for comprado da Venezuela será vendido a outro lado. "De repente, podemos vendê-lo até a melhor preço. Não teremos problemas, nós somos livres", disse.

*Com informações da Agência Lusa

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email