Maduro manda país ficar de prontidão militar para enfrentar conspirações

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, disse ter instruído as Forças Armadas a manter o mais alto nível de prontidão de combate para derrotar as "conspirações imperialistas"

Maduro manda país ficar de prontidão militar para enfrentar conspirações
Maduro manda país ficar de prontidão militar para enfrentar conspirações
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com Sputnik - O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, disse ter instruído as Forças Armadas a manter o mais alto nível de prontidão de combate para derrotar as "conspirações imperialistas".

Maduro pediu na quinta-feira (13), em sua conta do Twitter, às forças militares da Venezuela para que estejam em alerta e mantenham a paz no país.

Ordeno a todas as nossas FANB [Forças Armadas Nacionais Bolivarianas], que estejam em alerta e mantenham a máxima disciplina, liderança e preparação, para derrotar as conspirações imperialistas e manter a paz. A Venezuela conta com vocês! - diz o mandatário no Twitter

O líder venezuelano acusou o assessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, de ser um dos principais articuladores de uma conspiração para tentar derrubá-lo e assassiná-lo com a ajuda da Colômbia.

Para Maduro, o drone que o atacou em agosto durante uma cerimônia teve ordens diretas dos EUA e do ex-presidente colombiano, Juan Manuel Santos.

Também na quinta-feira (13), o ministro venezuelano das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, entregou uma nota de protesto ao principal diplomata norte-americano no país, Jimmy Story, sobre um suposto plano de golpe.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247