Maduro nega plano de fuga e aponta fake news dos EUA

"Sr. Pompeo, por favor, que falta de seriedade (...) quantas mentiras e manipulações nesta escaramuça liderada pelo golpe", disse o líder venezuelano, cujo discurso foi transmitido pela televisão estatal. Pompeo disse anteriormente que Maduro estava se preparando para deixar a Venezuela na manhã de 30 de abril para Cuba, mas que a Rússia o convenceu a permanecer no país

Maduro nega plano de fuga e aponta fake news dos EUA
Maduro nega plano de fuga e aponta fake news dos EUA (Foto: REUTERS/Carlos Garcia Rawlins)

Sputinik – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, criticou o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que denunciou supostos planos do líder venezuelano de deixar o país.

"Sr. Pompeo, por favor, que falta de seriedade (...) quantas mentiras e manipulações nesta escaramuça liderada pelo golpe", disse o líder venezuelano, cujo discurso foi transmitido pela televisão estatal.

Pompeo disse anteriormente que Maduro estava se preparando para deixar a Venezuela na manhã de 30 de abril para Cuba, mas que a Rússia o convenceu a permanecer no país.

No início desta terça-feira, o líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, pediu que civis e militares venezuelanos saíssem às ruas para ajudar a derrubar o presidente Nicolás Maduro.

O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino Lopez, disse que a tentativa da oposição de encenar um golpe pode ser descrita como um ato terrorista.

Os protestos se intensificaram depois que, em 23 de janeiro, Guaidó se autoproclamou "presidente encarregado" do país e Maduro o acusou de tentar um golpe orquestrado pelos EUA.

Rússia, China e vários outros países expressaram seu apoio a Maduro como o único presidente legítimo da Venezuela.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247