Medicamento ineficaz contra a Covid: Austrália destrói cloroquina doada por bilionário

O estoque de cerca de cinco milhões de comprimidos de hidroxicloroquina ficou parado por meses num galpão do aeroporto de Melbourne, após o governo australiano se recusar a receber a doação

Cloroquina
Cloroquina (Foto: REUTERS/George Frey)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A Austrália destruiu cerca de cinco milhões de comprimidos de hidroxicloroquina, remédio ineficaz contra a Covid-19, doados, em 2020, pelo bilionário de extrema direita Clive Palmer, defensor do remédio e propagandista contra a vacina.

O estoque ficou parado por meses num galpão do aeroporto de Melbourne, após o governo australiano se recusar a receber a doação.

Palmer, bilionário do ramo da mineração, chegou a pagar anúncios em jornais que chamavam a droga de "cura contra a Covid".

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email