Merkel se solidariza com deputadas atacadas por Trump

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, comentou nesta sexta-feira (19) sobre os ataques do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra quatro deputadas democratas e se solidarizou com elas

Mundo digital precisa de regras globais, diz Merkel
Mundo digital precisa de regras globais, diz Merkel (Foto: REUTERS/Axel Schmidt)

EFE- A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, comentou nesta sexta-feira (19) sobre os ataques do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra quatro deputadas democratas e se solidarizou com elas.  

Ao ser perguntada a respeito do assunto em entrevista coletiva, a chanceler afirmou que as declarações de Trump "minam a força dos Estados Unidos" e ficou do lado das congressistas.  

"Fico do lado oposto a estas declarações de forma decidida e me solidarizo com as mulheres atacadas", declarou a chanceler alemã.  Merkel argumentou que a "força" dos EUA se baseia na sua diversidade, nas contribuições "de pessoas de muitas diferentes nacionalidades".  

Trump pediu no domingo passado às deputadas Alexandria Ocasio-Cortez, Ilhan Omar, Rashida Tlaib e Ayanna Pressley que retornem para seus países de origem (apesar de três delas terem nascido nos EUA e as quatro possuírem nacionalidade americana), declaração pela qual foi acusado de racismo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247