Mídia sul-coreana acusa Ban-Ki-Moon de suborno

O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon teria recebido suborno no valor de mais de 200 mil dólares de empresário coreano. É o que afirma a publicação sul-coreana Sisa Journal

O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon teria recebido suborno no valor de mais de 200 mil dólares de empresário coreano. É o que afirma a publicação sul-coreana Sisa Journal
O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon teria recebido suborno no valor de mais de 200 mil dólares de empresário coreano. É o que afirma a publicação sul-coreana Sisa Journal (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Sputinik

O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon teria recebido suborno no valor de mais de 200 mil dólares de empresário coreano. É o que afirma a publicação sul-coreana Sisa Journal.

De acordo com a edição, em 2005, enquanto assumia o Ministério das Relações Exteriores e Comércio da Coreia do Sul, Ban Ki-moon teria recebido 200 mil dólares, e em 200, quando já assumiu o posto de secretário-geral da ONU, mais 30 mil.

Segundo a averiguação da Sputnik, o primeiro suborno foi entregue pelo empresário Park Yong-ha durante a visita da delegação vietnamita a Seul, onde Park Yong-ha foi convidado na condição de cônsul-geral. Empresário teria chegado uma hora mais cedo e quando eles se encontraram pessoalmente, houve entrega de "despesas de viagem". A segunda quantia teria sido recebida por Ban Ki-moon em 2007 como "um presente de felicitações em conexão com a nomeação de secretário-geral das Nações Unidas".

Mostrar mais: https://br.sputniknews.com/mundo/201612247274726-ban-ki-moon-acusacao-suborno/

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email