Mídia sul-coreana acusa Ban-Ki-Moon de suborno

O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon teria recebido suborno no valor de mais de 200 mil dólares de empresário coreano. É o que afirma a publicação sul-coreana Sisa Journal

O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon teria recebido suborno no valor de mais de 200 mil dólares de empresário coreano. É o que afirma a publicação sul-coreana Sisa Journal
O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon teria recebido suborno no valor de mais de 200 mil dólares de empresário coreano. É o que afirma a publicação sul-coreana Sisa Journal (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik

O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon teria recebido suborno no valor de mais de 200 mil dólares de empresário coreano. É o que afirma a publicação sul-coreana Sisa Journal.

De acordo com a edição, em 2005, enquanto assumia o Ministério das Relações Exteriores e Comércio da Coreia do Sul, Ban Ki-moon teria recebido 200 mil dólares, e em 200, quando já assumiu o posto de secretário-geral da ONU, mais 30 mil.

Segundo a averiguação da Sputnik, o primeiro suborno foi entregue pelo empresário Park Yong-ha durante a visita da delegação vietnamita a Seul, onde Park Yong-ha foi convidado na condição de cônsul-geral. Empresário teria chegado uma hora mais cedo e quando eles se encontraram pessoalmente, houve entrega de "despesas de viagem". A segunda quantia teria sido recebida por Ban Ki-moon em 2007 como "um presente de felicitações em conexão com a nomeação de secretário-geral das Nações Unidas".

Mostrar mais: https://br.sputniknews.com/mundo/201612247274726-ban-ki-moon-acusacao-suborno/

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247