Milhares de arquivos sobre programa nuclear britânico desaparecem misteriosamente

A Agência para Desmantelamento de Instalações Nucleares (NDA, da sigla em inglês) do Reino Unido retirou do acesso público mais de 1.700 ficheiros relacionados com o programa nuclear e as armas atômicas desse país, informou o jornal The Guardian

Milhares de arquivos sobre programa nuclear britânico desaparecem misteriosamente
Milhares de arquivos sobre programa nuclear britânico desaparecem misteriosamente (Foto: Foto de Domínio Público)

Sputnik Brasil - A Agência para Desmantelamento de Instalações Nucleares (NDA, da sigla em inglês) do Reino Unido retirou do acesso público mais de 1.700 ficheiros relacionados com o programa nuclear e as armas atômicas desse país, informou o jornal The Guardian.

Segundo o jornal, se trata de arquivos que remontam ao período de 1939 a 1980 e estavam armazenados nos Arquivos Nacionais do país. Entre eles está um documento dedicado à criação da primeira bomba nuclear britânica.

Na lista dos documentos retirados sem explicação figuram também notas privadas de John Cockroft, prêmio Nobel, que dividiu o núcleo atômico, bem como os relatórios sobre os testes de bombas atômicas na Austrália e no Pacífico.

No entanto, nem os Arquivos Nacionais nem a NDA comentaram o caso, o que gerou especulações sobre as possíveis razões da medida.
Segundo uma das versões, a retirada resulta do fato de os ficheiros poderem conter alguns dados que não deveriam ser publicados. Outros especialistas explicam o caso pela possível reorganização dos documentos.

Quanto aos arquivos pertencentes à Autoridade para a Energia Atômica do Reino Unido, se referem na sua grande parte ao programa nuclear pacífico, informou o The Guardian. Em particular, contêm imagens que detalham a construção de uma central nuclear e livros de registro das centrais atômicas.

Segundo declarou o historiador e professor universitário Jon Agar, "nós gostaríamos de saber o que está se passando", assinalando que "tudo isso é um pouco misterioso".

O cientista acrescentou que "como historiadores, ficaríamos alarmados se eles tivessem sido retirados do acesso público, já que são muito importantes para compreender o programa nuclear do Reino Unido."

"Nos pediram para retirar temporariamente esses ficheiros", disse o porta-voz dos Arquivos Nacionais, sem dar mais detalhes. Um representante da NDA destacou que ainda não podia explicar o desaparecimento dos arquivos, mas afirmou que a agência "está absolutamente comprometida com a transparência."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247