Militares russos denunciam que Otan se prepara para conflitos em larga escala

Os militares russos de alto escalão consideram que as ações da Aliança Atlântica aumentam as tensões e reduzem o nível de segurança nas relações entre Moscou e a Otan

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O chefe do Estado-Maior da Rússia, general Valeri Guerásimov, disse nesta quarta-feira (18) em entrevista à imprensa que os exercícios da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) mostram que o bloco militar, que é comandado pelos Estados Unidos, está se preparando para um conflito de larga escala. 

"Nos países bálticos e na Polônia, no Mar Negro e no Mar Báltico - ambos nas fronteiras russas - a Otan intensifica a atividade militar e aumenta a intensidade dos exercícios militares. Seus cenários apontam para uma preparação conjunta da Otan para o uso de suas tropas em um conflito militar em larga escala", detalhou o general em uma reunião em Moscou (capital) com os adidos militares credenciados no país.  

Guerásimov lembrou que, nos documentos da Otan a Rússia aparece como país inimigo e destacou que, na recente cúpula da Aliança Atlântica, no Reino Unido, foi decidido reforçar o envio de tropas para as proximidades da fronteira russa, informa a Telesur.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247