Ministra alemã rebate Bolsonaro: "Amazônia é tema da humanidade"

"Isso mostra que estamos fazendo exatamente a coisa certa", disse a ministra do Meio Ambiente Svenja Schulze, sobre Jair Bolsonaro que o Brasil não precisava dos R$ 155 milhões da Alemanha para preservação da floresta Amazônica; "Não posso simplesmente ficar dando dinheiro enquanto continuam desmatando"

247 - A ministra do Meio Ambiente da Alemanha, Svenja Schulze, rebateu nesta segunda-feira, 12, a declaração de Jair Bolsonaro, que debochou da suspensão de R$ 155 milhões que seria destinado pela Alemanha a ações de combate ao desmatamento da floresta Amazônica. 

"Isso mostra que estamos fazendo exatamente a coisa certa", afirmou Schulze. "Apoiamos a região amazônica para que haja muito menos desmatamento. Se o presidente não quer isso no momento, então precisamos conversar. Eu não posso simplesmente ficar dando dinheiro enquanto continuam desmatando", afirmou a ministra à Deutsche Welle.

Ao responder a jornalistas sobre a suspensão dos repasses alemães, Bolsonaro disse que "o Brasil não precisa disso". "Ela [Alemanha] não vai mais comprar a Amazônia, vai deixar de comprar a prestações a Amazônia. Pode fazer bom uso dessa grana. O Brasil não precisa disso", disse Bolsonaro no domingo (leia mais no Brasil 247).

Schulze, entretanto, diz que pretende manter aberto o diálogo com o governo brasileiro. "No momento, isso não está funcionando muito bem. Mas continuamos tentando, diplomaticamente.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247