Ministro da Defesa da Venezuela diz que militares não cedem em sua dignidade nacional

O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino López, disse na segunda-feira (11) que as sanções unilaterais impostas contra funcionários e líderes das Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) não quebram a dignidade nacional

Ministro da Defesa da Venezuela diz que militares não cedem em sua dignidade nacional
Ministro da Defesa da Venezuela diz que militares não cedem em sua dignidade nacional

247, com AVN - O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino López, disse na segunda-feira (11) que as sanções unilaterais impostas contra funcionários e líderes das Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) não quebram a dignidade nacional.

"Não há sanções ou ameaças que quebrem a dignidade nacional" e que é um "erro histórico" subestimar a consciência e o espírito dos militares venezuelanos.

O chefe militar do país voltou a rechaçar a suposta "ajuda humanitária", algo que ele qualificou como um espetáculo com o qual o imperialismo pretende intervir no país.

"Montaram o show da ajuda humanitária", disse, acrescentando que jamais a Venezuela permitirá a intervenção.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247