Morte de homem negro pela polícia provoca protestos nos EUA

Manifestantes bloquearam uma rodovia e entraram em confronto com a polícia dos Estados Unidos em Charlotte, na Carolina do Norte, após policiais matarem a tiros um homem negro, que, segundo eles, portava uma arma; cerca de uma dúzia de policiais e diversos manifestantes sofreram ferimentos leves durante as manifestações próximas ao local onde Keith Lamont Scott, de 43 anos, foi morto

Manifestantes bloquearam uma rodovia e entraram em confronto com a polícia dos Estados Unidos em Charlotte, na Carolina do Norte, após policiais matarem a tiros um homem negro, que, segundo eles, portava uma arma; cerca de uma dúzia de policiais e diversos manifestantes sofreram ferimentos leves durante as manifestações próximas ao local onde Keith Lamont Scott, de 43 anos, foi morto
Manifestantes bloquearam uma rodovia e entraram em confronto com a polícia dos Estados Unidos em Charlotte, na Carolina do Norte, após policiais matarem a tiros um homem negro, que, segundo eles, portava uma arma; cerca de uma dúzia de policiais e diversos manifestantes sofreram ferimentos leves durante as manifestações próximas ao local onde Keith Lamont Scott, de 43 anos, foi morto (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - Manifestantes bloquearam uma rodovia e entraram em confronto nesta quarta-feira com a polícia dos Estados Unidos em Charlotte, na Carolina do Norte, após policiais matarem a tiros um homem negro, que, segundo eles, portava uma arma.

Cerca de uma dúzia de policiais e diversos manifestantes sofreram ferimentos leves durante as manifestações próximas ao local onde Keith Lamont Scott, de 43 anos, foi morto por um policial na tarde de terça-feira, de acordo com a polícia e a mídia local.

Na manhã desta quarta-feira, manifestantes bloquearam a Interstate 85, onde roubaram caixas de papelão de caminhões e iniciaram incêndios antes de a polícia usar bombas de efeito moral para tentar dispersar a multidão, relatou uma afiliada da rede ABC em Charlotte.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247