Mourão: Venezuela deverá dar retorno ao investimento chinês

Em sua primeira viagem à China, o vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão, afirmou que um possível novo governo da Venezuela terá de garantir aos chineses o retorno de seus investimentos; a China apoia a soberania do governo Nicolás Maduro, enquanto Jair Bolsonaro adota uma postura alinhada aos EUA, defendendo intervenção no país vizinho

Mourão: Venezuela deverá dar retorno ao investimento chinês
Mourão: Venezuela deverá dar retorno ao investimento chinês (Foto: Adnilton Farias/VPR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em sua primeira viagem à China, o vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão, afirmou que um possível novo governo da Venezuela terá de garantir aos chineses o retorno de seus investimentos. Mourão retorna à Brasília nesta segunda-feira (27), depois de seis dias na nação asiática. A China tem adotado posição diferente do Brasil, onde o presidente Jair Bolsonaro adota uma postura alinhada aos Estados Unidos, defendendo intervenção no país vizinho, cobiçado pelos norte-americanos por causa das altas reservas de petróleo.

"Não vejo nenhum problema com a diferença de visão sobre o que ocorre na Venezuela", afirmou Mourão. Os relatos foram publicados no jornal Folha de S.Paulo.

O diretor-geral do departamento de América Latina do Ministério das Relações Exteriores chinês, Zhao Bentang, afirmou que os governos da China e do Brasil têm mantido comunicação estreita sobre a Venezuela. "Nos opomos à intervenção militar e à ingerência nos assuntos internos", reforçou Zhao, que é ex-embaixador da China na Venezuela (2015-2017).

"As nações são soberanas para expressar suas visões. O governo brasileiro ter uma visão e a China ter outra não quer dizer que temos atrito", disse o vice-presidente.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247