MP da Costa Rica investiga licitação da OAS

Empresa brasileira conquistou a concessão, por 30 anos, da rodovia mais importante do país, com arrecadação estimada em US$ 4 bilhões em cinco anos, com o apoio do ex-presidente Lula

MP da Costa Rica investiga licitação da OAS
MP da Costa Rica investiga licitação da OAS
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O chefe do Ministério Público da Costa Rica, Jorge Chavarría, determinou a abertura de investigação sobre a concessão, por 30 anos, da rodovia mais importante do país à OAS, , com arrecadação estimada em US$ 4 bilhões em em cinco anos.

As licitações vencidas tiveram o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em viagens patrocinadas pela empreiteira, em agosto de 2011.

Segundo a Folha, o Ministério Público investigará se houve tráfico de influência e enriquecimento e associação ilícitos. Advogados alegam que houve pagamento de propina.

A comissão de controle da Assembleia Nacional também abriu investigação. "A rodovia será a mais cara da América Latina: cada quilômetro custará US$ 9 milhões", disse o deputado José María Villalta. No Brasil, o custo de 1 km é um terço disso, segundo o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte).

No Panamá, uma obra da Odebrecht também gera polêmica por estar em área eleita pela Unesco como Patrimônio da Humanidade. Lula visitou parte do projeto em 2011, em viagem bancada pela empresa.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247