CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mulher de policial acusado de matar George Floyd pede divórcio

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - A mulher do policial Derek Chauvin, acusado de asfixiar e matar o cidadão negro George Floyd, pediu divórcio do marido, comunicaram os advogados dela na noite de sexta-feira (29). De acordo com a nota do escritório de advocacia, Kellie Chauvin está "devastada" com a morte de Floyd.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Esta noite, eu falei com Kellie Chauvin e a família dela. Ela está devastada pela morte do sr. Floyd e sua mais profunda empatia está com a família dele, com seus entes queridos e com todos que estão de luto com essa tragédia. Ela entrou com um pedido de dissolução de seu casamento com Derek Chauvin", diz o texto divulgado pelo escritório.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A morte motivou dezenas de protestos esta semana no Estados Unidos. Floyd foi acusado de ter tentado passar notas falsas em uma loja de esquina. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE