“Não acredito que Temer e Macri vão ficar no poder por muito tempo”, diz geógrafo britânico

Autor do livro 17 Contradições e o Fim do Capitalismo, lançado recentemente no Brasil, David Harvey assume seu desencanto com a ascensão de lideranças como Mauricio Macri, e Michel Temer; ele projeta, porém, vida curta para o capital político da dupla; "Nos dois países, há a ascensão oportunista de uma direita neoliberal que se aproveita de um poder efêmero. Não acredito que Temer e Macri vão permanecer no poder por muito tempo", disse Harvey em entrevista à Carta Capital

Autor do livro 17 Contradições e o Fim do Capitalismo, lançado recentemente no Brasil, David Harvey assume seu desencanto com a ascensão de lideranças como Mauricio Macri, e Michel Temer; ele projeta, porém, vida curta para o capital político da dupla; "Nos dois países, há a ascensão oportunista de uma direita neoliberal que se aproveita de um poder efêmero. Não acredito que Temer e Macri vão permanecer no poder por muito tempo", disse Harvey em entrevista à Carta Capital
Autor do livro 17 Contradições e o Fim do Capitalismo, lançado recentemente no Brasil, David Harvey assume seu desencanto com a ascensão de lideranças como Mauricio Macri, e Michel Temer; ele projeta, porém, vida curta para o capital político da dupla; "Nos dois países, há a ascensão oportunista de uma direita neoliberal que se aproveita de um poder efêmero. Não acredito que Temer e Macri vão permanecer no poder por muito tempo", disse Harvey em entrevista à Carta Capital (Foto: Aquiles Lins)

247 - O geógrafo britânico David Harvey, autor do livro 17 Contradições e o Fim do Capitalismo, lançado recentemente no Brasil pela editora Boitempo, afirma que tem se sentido pessimista em relação à configuração geopolítica que se formou no mundo nos últimos anos. 

"Eu tenho de confessar que tenho me sentido muito pessimista. É tão estranho, muito do que estamos vivendo é completamente louco, insano", lamenta. "Fico um pouco deprimido, mas acho que as pessoas vão voltar a cair na real."

Em entrevista à revista Carta Capital, Harvey diz critica apresentação da teoria econômica convencional como verdade única, defende novas formas de associação econômica para as esquerdas e assume seu desencanto com a ascensão de lideranças como Mauricio Macri, presidente eleito da Argentina, e Michel Temer, empossado após o traumático impeachment de Dilma Rousseff.

Ele projeta, porém, vida curta para o capital político da dupla. "Nos dois países, há a ascensão oportunista de uma direita neoliberal que se aproveita de um poder efêmero. Não acredito que Temer e Macri vão permanecer no poder por muito tempo. "

Leia na íntegra a entrevista de David Harvey.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247