“Não aguentei”: brasileira é encontrada morta na fronteira dos EUA

A enfermeira foi achada sem vida em uma área de deserto na cidade de Deming, no estado americano do Novo México. O município fica próximo ao México

Siga o Brasil 247 no Google News

Portal Metrópoles - Uma enfermeira brasileira de 49 anos morreu na fronteira do México com os Estados Unidos após ser abandonada pelo grupo que tentava entrar no país americano. O corpo de Lenilda dos Santos foi encontrado na quarta (15), mas a última vez que a família teve notícias dela foi em 7 de setembro.

A enfermeira foi achada sem vida em uma área de deserto na cidade de Deming, no estado americano do Novo México. O município fica próximo ao México.

De acordo com relatos de familiares ao jornal, Lenilda enviou uma mensagem de voz pelo celular para seu irmão por volta das 15h25 de 7 de setembro, na qual dizia: “Eu dormi aqui, eu não aguentei, eu tô sozinha. Mas eles estão vindo me buscar. Eu tô chegando, falta um pouquinho só para eu chegar. Eu não aguentei”.

PUBLICIDADE

Em outro áudio, explicou que estava com sede e pedia que o irmão falasse com os amigos dela a fim de que levassem água para ela. “Eu esperei até 11 horas, mas ninguém veio. Eu peguei e saí do lugar”, disse. “Eu estou escondida. Manda ela trazer uma água para mim, porque não estou aguentando de sede.”

Leia a íntegra da matéria no portal Metrópoles 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email