Navio russo suspeito de espionagem coloca Marinha brasileira em alerta

A Marinha brasileira monitorou durante uma semana um navio russo de pesquisa e inteligência suspeito de espionagem nos Estados Unidos e na Europa

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Marinha brasileira monitorou durante uma semana um navio russo de pesquisa e inteligência suspeito de espionagem nos Estados Unidos e na Europa. O Centro Integrado de Segurança Marítima do Rio de Janeiro detectou no último dia 10 o Yantar, uma embarcação de tecnologia avançada de sensores, dentro da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) do Brasil. O navio sumiu do monitoramento. A hipótese é a de que o equipamento AIS, que permite a sua localização, tenha sido desligado.

No domingo, 16, um helicóptero da Marinha e um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) localizaram a embarcação a 50 milhas (80 quilômetros) das praias do Rio. 

A embarcação está há cinco anos em atividade. Desde seu lançamento, a Rússia diz que o navio de 5.700 toneladas e 108 metros atua em pesquisas científicas e em ajuda a outros países.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email