Novo teste de mísseis balísticos dos EUA faz Rússia ficar 'em alerta'

A Rússia ficou em alerta devido ao novo teste de mísseis balísticos dos Estados Unidos, considerando que se trata de uma violação do tratado sobre mísseis de curto e médio alcance (INF, na sigla em inglês)

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

HispanTV - “Isso nos alarma. É claro que levaremos isso em conta ”, disse sexta-feira o diretor do Departamento de Não Proliferação e Controle de Armas do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Vladimir Ermakov, depois que os Estados Unidos. testaram na quinta-feira (12) um míssil terrestre de médio alcance que era proibido pelo Tratado de Forças de Alcance Intermediário Nuclear (INF). 

Andréi Krasov, vice-presidente do Comitê de Defesa da Duma (Câmara Baixa), indicou que o teste recente mostra que os EUA violaram o INF antes de quebrá-lo em 2 de agosto.  

Krasov defendeu o argumento, dizendo que "é impossível" fabricar um míssil com essas características em apenas nove meses que se passaram desde a partida unilateral do governo dos EUA, presidido por Donald Trump, do pacto alcançado em 1987 pelos EUA. e a antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247