Número de mortes em Bruxelas sobe para 34

Pelo menos 34 pessoas morreram e 187 ficaram feridas nos atentados desta terça-feira 22 em Bruxelas, mostra o novo balanço provisório das autoridades; 14 pessoas morreram nas duas explosões ocorridas no aeroporto e, segundo o Ministério da Justiça, 81 ficaram feridas; de acordo com informações da empresa que administra o metrô, a Stib, 20 pessoas morreram na estação do metrô e 106 ficaram feridas

Pelo menos 34 pessoas morreram e 187 ficaram feridas nos atentados desta terça-feira 22 em Bruxelas, mostra o novo balanço provisório das autoridades; 14 pessoas morreram nas duas explosões ocorridas no aeroporto e, segundo o Ministério da Justiça, 81 ficaram feridas; de acordo com informações da empresa que administra o metrô, a Stib, 20 pessoas morreram na estação do metrô e 106 ficaram feridas
Pelo menos 34 pessoas morreram e 187 ficaram feridas nos atentados desta terça-feira 22 em Bruxelas, mostra o novo balanço provisório das autoridades; 14 pessoas morreram nas duas explosões ocorridas no aeroporto e, segundo o Ministério da Justiça, 81 ficaram feridas; de acordo com informações da empresa que administra o metrô, a Stib, 20 pessoas morreram na estação do metrô e 106 ficaram feridas (Foto: Gisele Federicce)

Da Agência Lusa

Pelo menos 34 pessoas morreram e 187 ficaram feridas nos atentados de hoje (22) em Bruxelas, mostra o novo balanço provisório das autoridades.

Os números divulgados anteriormente eram 26 mortos, 11 no aeroporto de Zaventem e 15 na estação de metrô de Maelbeek, e 136 feridos.

Segundo dados divulgados pela ministra da Saúde belga, Maggie de Block, 14 pessoas morreram nas duas explosões ocorridas no aeroporto e, segundo o Ministério da Justiça, 81 ficaram feridas.

De acordo com informações da empresa que administra o metrô, a Stib, 20 pessoas morreram na estação do metrô e 106 ficaram feridas, 17 em estado grave.

O balanço anterior da Stib era de 55 feridos na estação do metrô, 10 em estado grave.

Duas explosões foram registradas de manhã no aeroporto de Zaventem e uma terceira, cerca de uma hora mais tarde, na estação do metrÔ de Maelbeek, perto das instituições europeias.

As três explosões foram qualificadas pelas autoridades belgas como atentados terroristas.

Voos com destino a Bruxelas são cancelados

Da Agência Brasil - O voo número 1173, saindo de São Paulo com destino a Bruxelas, foi cancelado devido aos atentados sofridos na região. Segundo a empresa Air Europa, hoje (22) não sairão voos para o local e ainda não há informação de quando serão retomados.

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, e o ministro dos Negócios Estrangeiros e Europeus de Luxemburgo, Jean Asselborn, vão receber a imprensa na sede do Itamaty, em Brasília, às 14h30, para falar sobre o atentado em Bruxelas.

Segundo o Itamaraty não há informações sobre a nacionalidade das vítimas, porém o Consulado-Geral do Brasil, em Bruxelas, disponibilizou um número de plantão para atender as famílias, e também está acompanhando o caso.

Central nuclear da Bélgica é esvaziada

Da Agência Lusa - A central nuclear belga de Tihange foi evacuada hoje (22), disse a polícia à agência noticiosa belga.

A medida foi tomada na sequência dos atentados ocorridos hoje de manhã no aeroporto internacional de Zaventem e na estação de metrô de Maalbeek, no "bairro europeu" da capital belga, que causaram 34 mortos e perto de duas centenas de feridos.

Anteriormente, a agência havia anunciado que as forças de segurança aumentaram o nível de segurança nas instalações nucleares em todo o país.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247