O livro que Assange carregava nas mãos e sua mensagem ao mundo

No momento em que foi preso e arrastado pela polícia inglesa da embaixada equatoriana nesta quinta, em Londres, trazia um livro na mão; o gesto foi uma mensagem ao mundo, sobre os verdadeiros autores de sua prisão ilegal: History of the National Security State (A História do Estado de Segurança Nacional), de Gore Vidal, sobre o complexo industrial-militar que comanda os Estados Unidos; segundo Pepe Escobar, em entrevista ao Bom Dia da TV 247 nesta sexta-feira, foi um "lance sensacional e sofisticado" de Assange: "Ele fez questão de mostrar o livro porque sabia que todo mundo ia focar o livro, para dar o 'big picture', o grande quadro da prisão dele"; assista ao Bom Dia

O livro que Assange carregava nas mãos e sua mensagem ao mundo
O livro que Assange carregava nas mãos e sua mensagem ao mundo

247 - No momento em que foi preso e arrastado pela polícia inglesa da embaixada equatoriana nesta quinta-feira (11), em Londres, trazia um livro na mão. O gesto foi uma mensagem ao mundo sobre os verdadeiros autores de sua prisão ilegal: History of the National Security State (A História do Estado de Segurança Nacional), de Gore Vidal, um livro sobre o complexo industrial-militar que comanda os Estados Unidos.

Segundo Pepe Escobar, em entrevista ao Bom Dia da TV 247 nesta sexta-feira, foi um "lance sensacional e sofisticado" de Assange: "Ele fez questão de mostrar o livro porque sabia que todo mundo ia focar o livro, para dar o 'big picture', o grande quadro da prisão dele". Segundo Leonardo Attuch, com o gesto, Assange transformou sua prisão num "ato político" - assista à conversa entre Escobar e Arttuch ao final.

No livro The National Security State, de 1988, Gore Vidal discute com o editor Paul Jay “os eventos históricos que levaram ao estabelecimento do complexo industrial-militar e a cultura que deu origem à ‘Presidência Imperialista'”. A expressão “complexo industrial-militar” foi usada pela primeira vez pelo Presidente Dwight Eisenhower e é utilizada para denunciar o suposto poder oculto das forças armadas e da indústria militar na política americana.

Assange ficou asilado na embaixada do Equador em Londres por sete anos, até a prisão nesta quinta-feira. As imagens da prisão, feitas apenas pela rede russa RT mostraram-no de barba comprida, alquebrada e com o livro de Gore Vidal nas mãos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247