O primeiro voo internacional de passageiros pousa em Wuhan, cidade onde começou o surto de coronavírus

Um avião comercial da Coreia do Sul chegou à cidade chinesa de Wuhan, o antigo epicentro da epidemia de Covid-19. Todos os voos internacionais para Wuhan ficaram suspensos por quase oito meses

Trabalhadores em trajes de proteção desinfetam bagagens que chegam no Aeroporto Internacional de Wuhan
Trabalhadores em trajes de proteção desinfetam bagagens que chegam no Aeroporto Internacional de Wuhan (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - De acordo com informações da rede chinesa a CGTN, para viajar os passageiros deveriam apresentar documentos que comprovassem o resultado negativo para o coronavírus “em até 72 horas antes da partida” em um hospital escolhido pela Embaixada da China na Coreia do Sul.

A agência noticiosa oficial Xinhua informou que, na chegada, os passageiros foram colocados em hotéis para uma “observação médica” de duas semanas após serem testados no aeroporto.

A empresa de aviação T’way Air disse anteriormente que retomaria os voos semanais entre Wuhan e a cidade sul-coreana de Incheon.

Wuhan foi a primeira cidade onde a Covid-19 foi registrada em dezembro do ano passado. Foi também a primeira cidade a ser colocada sob estrito bloqueio no final de janeiro, quando todos os voos foram suspensos.

O bloqueio foi gradualmente suspenso a partir de março, quando a China conseguiu conter em grande parte a disseminação da doença, informa a RT

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247